terça-feira, 8 de outubro de 2013

Pintar o cabelo (dilema de escolher a cor apropriada).

Olá a todas,

Nós, mulheres, adoramos mudar de visual.

E para mudar o visual, nada melhor que mudar a cor de cabelo.

Mas pintar o cabelo pode ser um dilema, na hora de escolher a cor.

Por esse mesmo motivo, hoje trago um post, para vos ajudar a escolher a tonalidade perfeita e obter o resultado desejado.Peles frias pedem cores de cabelo frias, como preto, castanho escuro ou loiro acinzentado.


Em primeiro lugar é importante saber que as cores das tintas são representadas por números e que cada um desses números tem um significado diferente.

Foi criada uma escala internacional para representar as cores bases das tonalidades que vão do nº 1 - preto profundo, ao nº 10 - loiro ultra claríssimo.

Estas tonalidades representam o quão claro ou escuro pode ser um cabelo.

Existe outra escala, para representar os reflexos.
Esta escala vai de o a 9, onde o 0 está representado como reflexo natural, como poderão verificar na tabela que se segue.

Ao comprar uma tinta seja de hipermercado ou profissional, seja permanente ou tom sobre tom (temporária), devemos reparar sempre nos números que identificam a tonalidade e o reflexo.

O primeiro nº apresentado, representa a tonalidade e o segundo número, o que fica depois do ponto representa o reflexo.

Quando os números se repetem depois do ponto, significa que a intensidade do reflexo é mais forte.

É importante saber que se já houver cabelos brancos, o reflexo mais indicado para ter maior cobertura, será o 0, ou seja o tom com reflexos naturais.

Pode parecer estranho existirem reflexos cinzentos, azuis e verdes, mas eles são importantes para neutralizar a cor.


Como escolher a cor certa?
Para escolher o tom certo, devemos ter em consideração a cor atual do cabelo e a cor e reflexos que pretendemos obter.

Outro ponto que temos de ter em consideração, é se os fios do nosso cabelo são virgens ou se têm vestígios de colorações anteriores, pois se pretendermos clarear o cabelo, nestes casos será necessário fazer uma descoloração ou decapagem porque tinta não clareia tinta.

Em caso de cabelos virgens, a coloração irá fixar na fibra capilar e o resultado dependerá da nossa cor natural.

Por exemplo, cabelos escuros, só conseguem clarear até quatro tons e tudo depende do oxidante usado.

Neste caso a tonalidade é o 6 ou seja, 

Loiro escuro, o reflexo principal é o 4, 
ou seja acobreado e o reflexo secundário
é o 3, ou seja, o dourado.
Se usarmos cores mais claras que o que o cabelo permite, corremos o risco de gastar dinheiro para nada ou até mesmo do cabelo ficar completamente manchado.

Outra dica prática, será a de encontrar a cor que harmoniza perfeitamente com o tom da tua pele.

Para saber, basta olhar para a parte interna do o antebraço. 

Se encontrarmos tonalidade de pele rosa e  veias azuladas, significa que tens um tom de pele  frio.

Se predominar o tom amarelo, com veias esverdeadas, o teu tom de pele é quente.


Tons de pele quentes, por norma combinam com tons quentes, como é exemplo do loiro escuro, o castanho dourado e do ruivo.

Após a coloração, é importante usar produtos específicos para cabelos coloridos, para a cor e brilho se manterem por mais tempo.

 Dependendo da tonalidade escolhida, o cabelo poderá desbotar rápido e com certeza em alguns casos o cabelo necessitará de nova coloração em intervalos de aproximadamente um mês.


Espero que os conselhos tenham sido úteis.



Beijinhos.

2 comentários:

  1. Estava visitando blogs e vim conhecer seu cantinho...Parabéns pelo espaço e muito sucesso no seu blog...Te seguindo !!
    Se puder seguir de volta ! ficarei muito feliz por te ter em meu cantinho também!!
    http://titababalu.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

O teu comentário é importante para mim. Obrigada.